Ser casado ou estar casado?

Atualizado: Jan 3

Casamento pode não ser para sempre, mas as pessoas vivem como se fosse. A partir do momento que casam, passam a viver como se o casamento por si só fosse a garantia de que ele vai durar. Como se ele fosse um fim em si. Chegou-se ao objetivo, a vida agora é esta. Então não precisa se preocupar muito com o que se faz, nem com o que se diz ou se deixa de dizer. As pessoas se acomodam à ideia que fazem do casamento, à representação mental que já vem construída antes mesmo de se casarem.



A estabilidade é tão necessária que o ser humano economiza energia naquilo que já está garantido na sua vida, para poder investir no que não está. O trabalho, por exemplo, exige grande investimento de tempo, atenção e empenho. Ele raramente é estável.

Para ele as pessoas dedicam-se diariamente. Para o casamento não. Ele ali está. Mesmo com carências, fissuras e insatisfações crônicas, a consciência de que ele pode se acabar não é concreta.


Vivida desta maneira, esta realidade é incongruente. Por um lado, o casamento não tem garantias e pode morrer se não for cuidado. Por outro, é vivido como se ele, por si só, fosse a garantia e não precisasse de investimento.


Ser casado não é garantia de permanência.


Casamento não é uma condição do ser humano e sim uma escolha de vida. Casar é uma opção, e é útil ao casal, ao invés de pensar que é casado, pensar que está casado. Para permanecer casado, há que ter atitude e disposição, há que se ter consciência. A noção de transitoriedade é importante para a consciência da finitude dos laços.


Pensar que está casado faz o casal se ver responsável por seu relacionamento.


Crer que é casado cria uma ideia de continuidade e atemporalidade que pode gerar uma atitude passiva frente ao status que se consolida por si. O casal que se conscientiza de que está casado tem que se responsabilizar por continuar casado se assim o deseja. E tem que desenvolver posturas e compromissos responsáveis e conscientes frente à relação conjugal e ao cônjuge, para continuar construindo a relação.


Rosana Ferrari


CONTATO

© 2019 Intercef. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por comd.com